Advertisement

Companhia dos Solilóquios apresenta “O vão entre o trem e a plataforma” no Sesc Santo Amaro


O espetáculo convida o público a refletir sobre como cada escolha feita na juventude, pode levar a diferentes cenários na vida adulta.


Sesc Santo Amaro recebe temporada de teatro jovem com a Companhia dos Solilóquios 


De 12 a 21 de julho de 2024, sexta-feira às 20h, sábado às 19h e domingo às 18h30, a Companhia dos Solilóquios ( @ciadossoliloquios ) realiza uma temporada do espetáculo de teatro jovem  “O vão entre o trem e a plataforma”, no Sesc Santo Amaro, na Zona Sul de São Paulo


As apresentações fazem parte da Mostra “Somos tão Jovens”, em cartaz no Espaço das Artes da Unidade nos meses de junho, julho e agosto.


Em “O vão entre o trem e a plataforma” uma jovem persona se atrasa e acaba perdendo o tempo de entrada em um trem. Durante a espera pela próxima embarcação, ela passa a divagar por pensamentos sobre o trem perdido, as estações que frequentou, e as baldeações que já fez na vida e nas pessoas.


Ao mergulhar no vazio entre o trem e a plataforma, ela acaba divagando sobre nuances do passado, do presente e do futuro, se deparando com diferentes versões de si mesma.


Com cinco intérpretes em cena, representando esta única personagem, o espetáculo realça a complexidade e a multiplicidade de identidades que cada pessoa possui ao longo da juventude. Elementos e essências, por vezes até contraditórios, que prosseguem também ao longo da vida. 


Ao explorar as emoções de uma figura perdida em pensamentos, durante um atraso que a leva a perder um trem, o espetáculo convida o público a refletir sobre suas próprias experiências, trajetórias e em como certas escolhas reverberariam em diferentes multiversos. 


“Seríamos as mesmas pessoas que somos hoje? Gostaríamos das mesmas coisas? Teríamos os mesmos amores, referências ou lados políticos?”, comenta a Companhia dos Solilóquios


Buscando os significado das linhas do tempo, das relações humanas e amorosas durante o caminhar da juventude para a vida adulta, “O vão entre o trem e a plataforma” propõe uma abordagem lúdica, introspectiva e filosófica sobre o tempo e as escolhas da vida. 


O espetáculo faz parte da trilogia “Peças de amores que não ganham peça”, que também é formada pelas peças "CAFÉ" (2019) e “Doa-se um sofá verde menta" (2022). Um projeto que valoriza o protagonismo jovem em cena e na vida, explorando um olhar que se afasta de estereótipos e aposta em formatos que inspirem novas formas de se relacionar com o teatro jovem, buscando novos públicos, incluindo o público adulto.


Logo na estreia da trilogia, o espetáculo “CAFÉ" foi aclamado pela crítica especializada, sendo eleito como um dos três melhores espetáculos para jovens do primeiro semestre de 2019, pelo renomado jornalista e crítico teatral Dib Carneiro Neto

 

Defendendo a pesquisa de um teatro feito por jovens e para jovens, a Companhia dos Solilóquios, fundada por Bruna Vilaça e Weslley Nascimento, desenvolve a criação de dramaturgias próprias, a fim de contribuir com textos exclusivamente brasileiros que possuam um grande poder de comunicação com a diversidade das juventudes. 


Desta forma, os trabalhos desta companhia nascem da dramaturgia documental daqueles que produzem, contribuem e orbitam em volta deste coletivo de arte que preza pela legitimidade da temática jovem. 


Informações: www.facebook.com/ciadossoliloquios ou @ciadossoliloquios


Ficha Técnica - Concepção, Cenário e Encenação: Companhia dos Solilóquios. Dramaturgia: Bruna Vilaça. Elenco: Bruna Vilaça, Daniela Carinhanha, Felipe Herculano, Santiago Acosta Cis e Weslley Nascimento. Preparação de Elenco: Camilla Flores. Preparação Corporal: Gustavo Braunstein. Orientação de Cena: Julia Correa e Mayara Constantino. Figurinos: Bruna Vilaça e Wallace Fiel. Trilha Sonora e Operação de Som: Aghata. Desenho de Luz: Andreza Dias e Weslley Nascimento. Voz Off 01: Barroso. Voz Off 2: Camila Brandão. Operação de Luz: Andreza Dias. Fotos: Rayssa Zago. Cenotécnico: Maurício Batista. Produção Executiva: Weslley Nascimento. Assessoria de Imprensa: Luciana Gandelini. Assistência de Produção: Karina Gallo. Produção Administrativa: Lívia Imperio


SERVIÇO: Espetáculo “O vão entre o trem e a plataforma” 

Com Companhia dos Solilóquios

Sinopse: Após um atraso que a leva a perder o trem, uma jovem persona, consumida pelo tempo da espera, dá início a um ensaio de pensamentos sobre o trem perdido, as estações que frequentou, as baldeações que já fez na vida e nas pessoas. Mergulhando no vazio entre o trem e a plataforma, a personagem, representada por cinco intérpretes, visita o passado, vislumbra o futuro e percorre pelas linhas e multiverso encontrando diferentes versões de si mesma. Duração: 60 minutos.

Classificação: 12 anos 

Onde: Sesc Santo Amaro - Endereço: R. Amador Bueno, 505 - Santo Amaro, São Paulo - SP, 04752-005

Quando: 12 a 21 de julho de 2024 - Horário: sexta-feira às 20h, sábado às 19h e domingo às 18h30

Ingressos: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (meia) e R$ 12,00 (credencial plena do Sesc).