Advertisement

Plataformas de currículos: saiba como usá-las para encontrar o emprego ou o candidato ideal

 

É muito comum ver na rede social LinkedIn relatos de candidatos em busca de vagas de emprego que se candidatam para mais de 300 oportunidades, mas sequer são chamados para uma única entrevista. Por que isso acontece?
 

Clique aqui para baixar a imagem.

Na opinião do especialista em gestão de carreira e professor de Gestão de Pessoas da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP)Marcelo Treff, nessa questão, o grande ponto entre os candidatos e as vagas é que, muitas, vezes nem quem se candidata nem quem anuncia as oportunidades usa as plataformas de inteligência artificial da forma correta.
 

“Muitos candidatos não definem claramente o objetivo profissional ao criar os seus perfis em plataformas, além de não descreverem sua experiência profissional alinhada à vaga pretendida. Desta forma, acabam não tendo êxito no ‘match’ com o emprego dos sonhos, pois as plataformas de análise de currículo definem parâmetros para encontrar currículos atualizados e com informações próximas ao perfil desejado”, explica o especialista em carreiras.
 

Segundo Treff, as plataformas funcionam e estão sim alinhadas ao que se propõem. Ele afirma que os algoritmos são aperfeiçoados e a busca é ampliada, inclusive estabelecendo conexões com outras redes sociais dos candidatos. Ademais, os algoritmos requerem aperfeiçoamentos continuamente, sobretudo para minimizar os efeitos negativos dos vieses inconscientes.
 

Para o professor universitário, os processos seletivos por meio de plataformas só tendem a crescer. No entanto, é muito importante que as empresas mesclem, sempre que possível, as duas formas de seleção: online e presencial.
 

“As plataformas tornaram o processo de busca de perfis mais ágil e com maior grau de acerto, e houve aumento significativo do uso de plataformas a partir da pandemia COVID-19”, acrescenta.
 

COMO USAR AS PLATAFORMAS MELHOR?
 

O especialista recomenda, para recrutadores, definir claramente o perfil da vaga, tornando-o atraente; utilizar palavras-chave no anúncio; e conhecer as estratégias das plataformas.
 

Já para os candidatos, é essencial manter o currículo digital/online atualizado; definir o objetivo profissional de forma clara e concisa; conhecer as estratégias certas das plataformas; alinhar interesses de acordo com o definido na vaga; cuidar das redes sociais, utilizar essas plataformas com bom senso e equilíbrio e evitar assumir posições polêmicas; além de investir em programas de qualificação ou requalificação, potencializando as experiências.
 

O especialista: Marcelo Treff é professor de Gestão de Pessoas da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP). Doutor em Ciências Sociais pela PUC-SP e Mestre em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Atua com os seguintes temas: Gestão da Carreira, Gestão de Competências, Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional.

 



Sobre a FECAP
 

FECAP, localizada na Liberdade, região central da capital paulista. Foto: Divulgação.

A Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP) é referência nacional em Educação na área de negócios desde 1902. A Instituiçã

o proporciona formação de alta qualidade no Ensino Médio (técnico, pleno e bilíngue), Graduação, Pós-graduação, MBA, Mestrado, Extensão e cursos corporativos e livres. Diversos indicadores de desempenho comprovam a qualidade do ensino da FECAP: nota 5 (máxima) no ENADE (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) e no Guia da Faculdade Estadão Quero Educação 2021, e o reconhecimento como melhor centro universitário do Estado de São Paulo segundo o Índice Geral de Cursos (IGC), do Ministério da Educação. Em âmbito nacional, considerando todos os tipos de Instituição de Ensino Superior do País, a FECAP está entre as 5,7% IES cadastradas no MEC com nota máxima.

 

Sobre o Grupo Tracker
 

O Grupo Tracker está no Brasil há mais de 20 anos e contabiliza mais de 57 mil recuperações, evitando um prejuízo superior a R$ 4 bilhões. Está presente em 13 países dos continentes americanos e europeu. Atua à frente dos segmentos de transporte e logística, segurador, construção civil, agronegócio e varejo. A tecnologia utilizada nos rastreadores da companhia é a Radiofrequência, considerada a melhor solução para roubo e furto e é imune à ação de inibidores de sinais - jammers. Também comercializa produtos baseados no GPS/GPRS e LBS, indicados para monitoramento e gestão de frotas.
-----