Advertisement

Valorizar os professores é investir diretamente no desenvolvimento integral dos alunos

 

Joana Miraglia*

 

Os professores são peças-chave para promoção de valores, de desenvolvimento e de crescimento de seus estudantes. Recentemente, vi uma entrevista do Rapper Emicida em que ele conta a importância que teve a professora Rita de Cássia em sua vida: “Eu existo porque tinha uma professora teimosa que correu atrás de mim no bueiro”. Todos nós temos a lembrança de algum mestre que fez diferença em nossas vidas, e muitas vezes, eles são nossos professores de Educação Física.

 

Segundo dados do Censo Escolar de 2022, atualmente são mais de 120 mil escolas de ensino fundamental no Brasil, onde estudam, aproximadamente, 14 milhões de alunos. Investir em Educação Física é uma ação de baixo custo e alto impacto, que pode melhorar a aprendizagem dos alunos em até 40%, além de reduzir o índice de obesidade, bem como diminuir a depressão e a ansiedade em até 30%, de acordo com levantamento de 2021 da UNESCO.

 

Apesar do esporte ser um elemento privilegiado de promoção do desenvolvimento socioemocional e acadêmico, que contribui também com a saúde física e mental do indivíduo, observamos em muitos casos, uma desvalorização do profissional de Educação Física dentro das escolas. Precisamos mudar essa realidade, pois há um grande desperdício de promoção do desenvolvimento humano!

 

Um exemplo é o Instituto Superação, organização não governamental que tem a missão contribuir com a formação pessoal de crianças e adolescentes, desenvolvendo competências socioemocionais por meio da integração entre a educação e o esporte. A ONG trabalha formando professores de Educação Física da rede pública no Método DNA Superação, que atrela o desenvolvimento socioemocional ao desenvolvimento esportivo.

 

Os professores formados pelo Instituto Superação, presente em 65 escolas públicas, em 13 municípios de 2 estados brasileiros, colocam em prática o que aprendem, promovendo treinamentos esportivos com valores, no contraturno escolar, em cada uma das escolas parceiras. A organização promove também festivais esportivos como ferramenta de aprendizagem e desenvolvimento socioemocional.

 

Por meio do esporte e da educação podemos contribuir com a evolução das potencialidades de cada aluno, e os professores de Educação Física são atores fundamentais, pois efetivam o processo educacional diretamente com os estudantes. Eles são capazes de transformar a experiência esportiva em uma atividade verdadeiramente educativa. Um viva aos nossos professores e professoras de Educação Física!

 

* Joana Miraglia é diretora geral do Instituto Superação: Formação pelo Esporte

 

Sobre o Instituto Superação: Formação pelo Esporte

Fundada em 2016, a organização não governamental (ONG) visa contribuir e fazer a diferença na vida de crianças e adolescentes da rede pública de ensino, por meio da educação e do esporte. Através dos treinos de basquete e handebol, o Instituto Superação: Formação pelo Esporte, promove acesso à prática esportiva saudável e positiva, integrando o desenvolvimento esportivo e socioemocional de crianças e adolescentes de São Paulo e Minas Gerais, do ensino fundamental II, que praticam os treinos sob a orientação de profissionais de educação física qualificados pelo Método DNA Superação: método criado pelo instituto, que atrela o desenvolvimento esportivo e desenvolvimento de competências socioemocionais. Os treinadores formados pelo instituto, ensinam e aperfeiçoam as habilidades esportivas, ao mesmo tempo que educam com valores, formando pessoas exemplares, dentro e fora das quadras. Para saber mais sobre o Instituto, acesse o site.