Advertisement

Ótica da Cidadania de Volta Redonda entrega mais de 7 mil óculos em 2022

Espaço beneficia pessoas com deficiência (PCD), a Melhor Idade e estudantes da rede pública municipal

 

A Ótica Municipal Padre Ernesto Lamim – a Ótica da Cidadania de Volta Redonda – fecha o ano de 2022 com mais de 7 mil óculos entregues gratuitamente a idosos, estudantes da rede pública municipal e pessoas com deficiência (PCDs). O número é cerca de 30% maior que o registrado no ano anterior (5,4 mil).

 

O administrador do estádio e da Policlínica da Cidadania, Milton Alves Faria, explica que atualmente são feitos 25 óculos por dia em média, e o crescimento na produção em 2022 ocorreu por conta de melhorias implantadas no primeiro ano do atual mandato do prefeito Antonio Francisco Neto.

 

“Quando o prefeito reassumiu, encontramos máquina com defeito e parada, e uma outra operando com problemas. Realizamos a manutenção necessária e já em 2021 conseguimos produzir 5,4 mil óculos. Agora estamos entregando mais, beneficiando quem precisa”, contou Milton.

 

Além de estudantes de qualquer série da rede pública do município, a Ótica da Cidadania, localizada no Estádio Raulino de Oliveira, no bairro Jardim Paraíba, beneficia também aposentados com mais de 60 anos e que recebam até dois salários mínimos, além de pessoas com deficiência moradoras de Volta Redonda.

 

“Parabéns às equipes que trabalharam bastante para melhorar a Ótica da Cidadania e levar esse serviço tão importante a mais pessoas que estavam precisando. Assim como o Revi-VER, que realiza cirurgias de catarata, os óculos da Ótica da Cidadania também ajudam a nossa Melhor Idade e nossos estudantes a terem uma qualidade de vida melhor”, afirmou o prefeito Antonio Francisco Neto.

 

E quem estiver dentro dos critérios para receber os óculos gratuitos pode aproveitar o benefício; basta levar a receita médica de um oftalmologista, comprovante de residência e cartão SUS. Para os estudantes da rede pública, além da documentação, é preciso também uma declaração escolar; para os aposentados, é preciso levar também o comprovante de renda; e para as pessoas com deficiência, é preciso levar também um laudo que comprove a deficiência.